Na Gringa, Sobre a vida

Conkers, uma brincadeira inglesa meio dolorida

February 22, 2016

Uma das coisas bem legais de se passar um tempo numa casa de família em outro país é poder conhecer a cultura local mais de perto, eu tive a sorte de ter essa experiência por duas vezes. A primeira foi na Alemanha, quando fiz intercâmbio em 2002, e a segunda agora na Inglaterra com a família do Josh. Foi na casa deles que eu descobri que pelo menos um dos estereótipos ingleses é verdadeiro: eles tomam chá o dia todo.

Muitas vezes, quando estava trabalhando no jardim, minha sogra ou o Josh me traziam um chazinho.

Muitas vezes, quando estava trabalhando no jardim, minha sogra ou o Josh me traziam um chazinho.

 Mas nem tudo é tão doce quanto uma xícara de chá com açúcar. Assim que o outono chegou fui apresentada a um passatempo tão inglês quanto o críquete, mas infinitamente mais fácil de entender e dolorido. Um jogo bem popular entre as crianças chamado Conkers. A brincadeira consiste em pegar uma castanha, se possível colocá-la perto do fogo da lareira por um tempo para que fique bem dura, fazer um furo atravessando as duas extremidades e passar um barbante por ele.

Numa das pontas do barbante dá-se um nó para que a castanha fique presa.

Numa das pontas do barbante dá-se um nó e logo acima da castanha dá-se mais um, para que ela fique bem presa.

Agora que você já tem  a sua castanha só precisa encontrar alguém que também tenha uma para a brincadeira começar.

Mas qual é o objetivo do jogo?

Além de machucar o amiguinho ou o parente de quem você está com raiva (imagino que irmãos menores sejam os que mais sofram), o seu objetivo é usar a sua castanha para partir a do adversário.

E como se joga isso?

Cada um dos jogadores segura sua castanha pela ponta do barbante e em vezes alternadas sapecam a castanha alheia. Observe:

Conkers

Aqui o Chris segurava a castanha dele para que eu tentasse acertá-la com a minha. Eu estava medindo e vendo qual seria a melhor maneira de fazer minha jogada. Meu sogro me ensinou que fica mais fácil se eu tentar acertar por baixo do que por cima.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Dá pra ver como a castanha dele está paradinha? Isso quer dizer que eu errei a mira e perdi minha vez. Se tivesse acertado poderia fazer nova tentativa.

Mas ele também errou!

Mas ele também errou!

 

Às vezes acontece dos barbantes se engalfinharem e então quem gritar “Stringsies!!!” o mais rápido possível ganha a vez.

Às vezes a brincadeira fica muito dolorida e então meu sogro apareceu com uma luva grossa pra cada um. Assim, se a castanha acertasse o braço de alguém o estrago seria menor.

E quem ganha o jogo?

Em tese, ganha o jogo quem conseguir quebrar a castanha do adversário primeiro. Como isso pode demorar e dessa demora vêm muitos e muitos roxos e machucados, às vezes a quebra da castanha nem acontece. Nesse caso perde o primeiro que pedir para parar a brincadeira.

Apesar de dolorida, conkers é uma brincadeira bem divertida! E pra quem quiser saber ainda mais sobre o jogo, existe a página do Campeonato Mundial de Conkers.

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply Keite Castro February 22, 2016 at 1:07 pm

    Adoro o seu blog. Suas viagens são ótimas. Te acompanho a muito tempo, desde o Manual da Dona de Casa. Te acho muito inteligente.

    • Reply Keite Castro February 22, 2016 at 1:18 pm

      há muito tempo*, desculpe. rs

    • Reply angelagolds February 22, 2016 at 2:39 pm

      Oi, Keite!!! Que legal saber que você era leitora do Manual e agora me acompanha aqui também. Muito obrigada pelo carinho, um beijão!

  • Reply Augusto February 22, 2016 at 3:12 pm

    Na minha infância fazíamos brincadeira parecida. Mas invés de castanhas eras os próprios dedos.

  • Digaí!