Sobre a vida

Retrospectiva 2014

January 10, 2015

E eis que 2015 já começou há 10 dias e que eu não escrevo há mais de mês. Sabe gente que procrastina? Então, essa pessoa sou eu! Acontece que às vezes me pego um pouco sem assunto, um tanto sem foco e com mais um outro tanto substancial de nitrogênio acumulado que me dá um soooono… Some-se a isso muito calor e quase nenhum tempo livre e o resultado é uma Ângela deitada na cama, aproveitando o ar-condicionado e vendo capítulos de O Clone pelo youtube – me julguem, eu adoro novela reprisada, eu gosto das novelas da Glória Perez e sinto falta de ouvir português de vez em quando. Mas o Google Analyticsme diz que a audiência do blog não só tem se mantido, tem aumentado!, e aí dá vontade de voltar a vir aqui e escrever, contar sobre um monte de coisa que tem acontecido e tudo mais, de modo que voltei!

Achei que seria interessante começar o ano pensando nas coisas muito legais que eu fiz no ano passado e usá-las como um gancho para futuros escritos por aqui. Vamos lá?

2014 foi o ano em que eu resolvi que não queria mais adiar um plano antigo e comprei uma passagem só de ida para a Tailândia. Não foi uma decisão fácil e nem rápida – envolveu muita conversa com amigos, planejamento de tempo e gastos com compra de equipamento de mergulho -, mas que me trouxe uma felicidade que eu não experimentava há muito tempo. Foi muito bom me sentir tão dona da minha vida, tão capaz de poder sonhar e realizar.

comprei a passagem

Foi também o ano em que eu mais mergulhei, desde que fiz meu curso básico em 2011, e quem me conhece sabe o quanto isso é algo que me deixa feliz e contente. Por causa disso conheci lugares novos no Brasil, visitei amigos, encorajei outros a conhecer o fundo do mar e colecionei mais três carteirinhas: Primeiros socorros, resgate e divemaster, o primeiro passo na carreira profissional.

curso de resgate

É claro que foi um bom ano no que diz respeito a viagens. Depois de um ano recebendo convites de um amigo querido finalmente fui a Barra de São João, RJ, só pra depois ficar me perguntando por que é que eu demorei tanto tempo para ir até lá. Voltei para outros países do Sudeste Asiático na companhia de uma amiga queridíssima e tive 20 horas para explorar Cingapura por minha própria conta.

Singapore flyer

Mudei de casa e de endereço mais de uma vez desde que cheguei em Phi Phi, mudei de profissão, mudei – ou, melhor dizendo, o sol mudou – a cor do meu cabelo e da minha pele, finalmente aprendi a falar espanhol com amigos venezuelanos e argentinos que conheci no trabalho novo e me apaixonei, perdidamente, por um inglês que conheci na Tailândia.

Ângela e Josh

2014 foi, enfim, um ano do caralho e tudo o que eu posso querer é que 2015 seja tão bom quanto, pra mim e pra você que me lê. Feliz ano novo!

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply loveandroad January 12, 2015 at 2:27 am

    Parabén Angela!!!
    2014 foi um grande ano e tenho certeza que 2015 será ainda melhor!!!
    Continue correndo atrás dos seus sonhos… Muito amor, paz e felicidade pra vc!
    Abraços,
    Nat
    🙂

  • Reply Debora January 13, 2015 at 3:07 pm

    Olá Angela tudo bem???

    FELIZ 2015!!! Q esse seja um ano repleto de realizações!!!

    Realmente 2014 foi um ano maravilhoso!!!

    Beijinhos;
    Débora.
    http://derbymotta.blogspot.com.br/

  • Reply angelagolds January 15, 2015 at 11:07 am

    Obrigada pelos comentários carinhosos, meninas! Um 2015 fantástico pra todas nós! Bjs

  • Reply Valquiria February 3, 2015 at 7:45 pm

    Olá Angela, sou amiga do seu tio Sérgio, foi ele quem me indicou o seu blog. Estou adorando suas histórias e comentários. Morei durante muitos anos no Japão e nesse período viajei muito por esta parte da Ásia. Sua aventura na Tailândia é uma injeção de animo e nos causa aquela coceirinha para desbravar o mundo! Parabéns! Beijos
    Valquiria

    • Reply angelagolds February 6, 2015 at 7:42 am

      Oi, Valquíria!
      Obrigada pelo comentário carinhoso. Fico muito feliz de saber que você está gostando de ler o blog!
      Que legal que você morou no Japaão! É um dos lugares que mais tenho vontade de conhecer!
      Beijo

    Digaí!