Hospedagem, Na Gringa

Shanghai Mansion; o hotel mais charmoso de Bangkok

July 3, 2014

Shanghai mansion hotelNo meu grupo de amigas temos uma que é referência quando queremos dizer que alguma coisa é boa, chique ou de muita qualidade. Assim instituímos o “Padrão Marília”, selo que carimba tudo que merece um padrão de excelência. Já o “Estilo-tipo-Ângela” de viajar é quase o completo oposto do “Padrão Marília”, minha mãe mesmo já me disse que sou muito espartana nas minhas escolhas de hotel. Fato é que requinte realmente não é um dos critérios que mais considero na hora de escolher hospedagem, preço e localização contam muito mais na hora de bater o martelo. Mas isso não me impede de esbanjar um pouquinho de vez em quando, especialmente se a descrição disser que a decoração do lugar te transporta para a Xangai dos 1920. Quebrei o porquinho e fiz a reserva.

O hotel

Shanghai Mansion hotel

Jardim aquático

O Shanghai Mansion Bangkok é lindo e super charmoso, daqueles lugares onde dá vontade de morar por uns seis meses. Minha estada lá começou super bem, porque  os quartos mais baratos, obviamente a minha escolha, estavam todos ocupados me transferiram para um melhor sem nenhum custo adicional – ponto para a equipe das meninas.

A entrada é um pouco escondida e o acesso à recepção pode ser feito por uma escada rolante. Na frente do balcão há um espaço com poltronas e computadores que ficam à disposição dos hóspedes, também há wi-fi nas áreas comuns e nos quartos. Na área que dá acesso aos elevadores há um jardim aquático, em torno do qual ficam os quartos. A decoração do hotel é cheia de detalhes lindos, tudo milimetricamente calculado para que você tenha mesmo a impressão de que entrou num túnel do tempo e desembarcou na China da década de 20.

Também há um bar de jazz, o Cotton, que eu acabei deixando de conhecer. Acho que simplesmente deixei passar batido por estar viajando sozinha e ter pensado que não haveria tanta graça passar a noite em um bar na companhia de um livro. É o tipo de situação que requere companhia do tipo que responde, não do tipo que só não te deixa sozinha; coisa que livros fazem com maestria.

O café da manhã está incluso no preço da diárias e é bem variado, com comidinhas ocidentais e tailandesas.

O quarto

Shanghai MansionComo falei antes, tive a sorte de ser colocada em um quarto melhor do que o reservado e é claro que eu dei um pulão na cama assim que entrei – sim, eu assisti “Esqueceram de mim 2” infinitas vezes quando eu era pequena e quis repetir a cena do Kevin na suíte do Plaza – fiquei feliz de constatar que ela era tão confortável quanto eu imaginara. Havia também uma caminha menor, que dá pra ver no fundo da foto, o que pode ser uma boa opção para famílias, um frigobar liberado que era reabastecido todo dia, cofre, TV com vários canais e essa mesinha no centro do quarto, que foi usada muitas vezes para o planejamento das atividades do dia seguinte.

Shanghai mansionO banheiro, assim como o quarto, é todo lindo e caprichado. Minha única queixa foi a água quente ter acabado meio rapidamente, mas talvez eu não tenha tomado um banho tão rápido quanto deveria.

Shanghai Mansion hotelShanghai Mansion hotel

As toalhas ficam penduradas nesse cabide com cara de escada, achei tão bonitinho colocarem a gaiola em cima.

Serviço:

O Shanhai Mansion Bangkok fica localizado na Chinatown da capital tailandesa, uma área da cidade muito bacana e que talvez nem tivesse chegado a conhecer caso tivesse optado por me hospedar em uma das regiões mais procuradas pelos viajantes; como a Kao San Road, a queridinha dos mochileiros.

O preço das tarifas pode variar bastante dependendo da maneira que você fizer a reserva, vale a pena ficar de olho nas ofertas do próprio site do hotel e também no Agoda, site de busca de hotéis com foco no Sudeste Asiático, que costuma ter bons descontos.

Screen Shot 2014-07-01 at 11.27.18 PM

You Might Also Like

No Comments

Digaí!